In texto

Infelizmente, acabou



 Telefonei, para todos, e disse que não tinha volta. Esbarrei com aquela senhora, que viu semana passada nós dois juntos abraçados e rindo, e disse que não tinha mais nada entre nós, e ela lamentou, disse assim como poucos que formávamos um casal lindo, que nossas risadas e gargalhadas se completava como quebra cabeça, foi ai que também lamentei.

 Ontem eu ouvi uma piada super engraçada, e dei muitas gargalhada, e no meio dela lembrei de você, e fui checar minha caixa de mensagem, e minha ligações perdidas, e você não estava lá. Não sabia que fazer, já tivemos muitas brigas, por coisas bobas , mais nada se compara como essa.

 Lembra, foi sábado, que você bateu a porta e disse que não ia mas voltar, que estava cansado de tudo,e eu fechei os olhos e desejei que aquela nossa briga fosse só mais um sonho ruim. Mas não foi, e você se foi, e ainda não voltou.

  Eu vi que você tava feliz,  me contaram que você anda sorrindo e seguindo enfrente, isso que admiro em você, essa coisa de esquecer dos sentimentos da noite por dia, fingir que eles não existe ou que nunca aconteceu nada, tenho inveja, e dor de cotovelos por essa sua grande arte.

 Essa semana eu já prometi milhares de vezes que ia deixar você ir, mais existe as madrugadas, e eu não consigo dormi, fico criando expectativas sobre nossa volta, ou então como seria bom se estivéssemos bem, mas não estamos. Só assim eu consigo dormi, Fingindo que estamos bem, que você esta feliz, e que está comigo, mas não é verdade, é assim que ando enganando meu cérebro ultimamente inventando sua presença.

 Lembra, quando você me pediu para confiar em você ? que valeria a pena, que nada seria em vão, era bem no começo, quando eu morria de medo de confiar nas pessoas novamente, por conta de experiencias do passado, e você simplesmente me prometeu que iria ser diferente. Não foi.

 E agora ? eu to aqui, novamente te dedicando, milhares de letras e palavras, que nunca irá saber.

Related Articles